Coleciona(dor)a de ilusões.
»

colha o dia ou aproveite o momento.
Carpe Diem.
Esquecer nunca foi o meu forte.

Esquecer nunca foi o meu forte.



Como é bom ouvir a sua voz.


De noite acordada é você que vejo em sonhos, talvez pode ser um bom sinal. Não sei se durmo ou telefono, saber se você também sente falta de nós dois. Renne Fernandes.

De noite acordada é você que vejo em sonhos, talvez pode ser um bom sinal. Não sei se durmo ou telefono, saber se você também sente falta de nós dois. Renne Fernandes.




(Source: askeed)



Eu indo embora para casa, segurei o peito, que parecia solto, e abafei uma lágrima. Como eu queria agora estar com ele.
~ Tati Bernardi.




O meu problema é que se ainda existir chances, eu ainda terei esperanças.

O meu problema é que se ainda existir chances, eu ainda terei esperanças.



  • Ele: O que ele tem que eu não tenho?
  • Ela: Meu coração.


Eu já suportei mais do que podia. Eu já ouvi mais do que devia. Eu já fiquei calada quando devia ter falado como também já falei quando devia ter ficado calada. Eu já falei a coisa errada na hora certa, como também falei a coisa certa na hora errada. Eu já fiquei parada, lembrando de tudo o que me disseram e chorando por dentro, porque simplesmente eu não podia chorar na frente de ninguém, eu não queria mostrar que era fraca, eu não queria mostrar o quanto eu era frágil. Eu já coloquei o meu fone de ouvido e lembrei-me de tudo o que deveria ter esquecido há muito tempo, e doeu, doeu tanto, bagunçou a cabeça de um jeito inexplicável, as lágrimas pretendiam sair com toda força dos meus olhos, mas eu as aprendia lá dentro, eu não as deixava cair. Eu já acumulei tanta coisa aqui dentro de mim, coisas que eu nunca imaginei guardar e suportar. Mas cansa, uma hora você explode. E mesmo cansada, mesmo não agüentando mais tanta coisa, você percebe o quão forte foi, por ter agüentado tanta coisa dentro de si. Acumuladas lá dentro e nunca ter as deixado sair. Por chorar baixinho à noite, sozinha, pra ninguém ver, ninguém escutar. Percebe que mesmo caindo tantas vezes, teve forças o suficiente para levantar-se e seguir em frente, mesmo com tudo lá dentro, te matando aos poucos. Percebe que mesmo tudo desmoronando, acha uma fé grandiosa dentro de si, escondida, lá no fundo, aquela que você não usou, que ficou guardada para quando você precisasse. E é por isso, é por isso que você ainda está aí, suportando tudo calada, agüentando tudo sozinha. Porque no fim você sabe, no fundo você sabe que no final você sempre achará forças para seguir em frente.

Eu já suportei mais do que podia. Eu já ouvi mais do que devia. Eu já fiquei calada quando devia ter falado como também já falei quando devia ter ficado calada. Eu já falei a coisa errada na hora certa, como também falei a coisa certa na hora errada. Eu já fiquei parada, lembrando de tudo o que me disseram e chorando por dentro, porque simplesmente eu não podia chorar na frente de ninguém, eu não queria mostrar que era fraca, eu não queria mostrar o quanto eu era frágil. Eu já coloquei o meu fone de ouvido e lembrei-me de tudo o que deveria ter esquecido há muito tempo, e doeu, doeu tanto, bagunçou a cabeça de um jeito inexplicável, as lágrimas pretendiam sair com toda força dos meus olhos, mas eu as aprendia lá dentro, eu não as deixava cair. Eu já acumulei tanta coisa aqui dentro de mim, coisas que eu nunca imaginei guardar e suportar. Mas cansa, uma hora você explode. E mesmo cansada, mesmo não agüentando mais tanta coisa, você percebe o quão forte foi, por ter agüentado tanta coisa dentro de si. Acumuladas lá dentro e nunca ter as deixado sair. Por chorar baixinho à noite, sozinha, pra ninguém ver, ninguém escutar. Percebe que mesmo caindo tantas vezes, teve forças o suficiente para levantar-se e seguir em frente, mesmo com tudo lá dentro, te matando aos poucos. Percebe que mesmo tudo desmoronando, acha uma fé grandiosa dentro de si, escondida, lá no fundo, aquela que você não usou, que ficou guardada para quando você precisasse. E é por isso, é por isso que você ainda está aí, suportando tudo calada, agüentando tudo sozinha. Porque no fim você sabe, no fundo você sabe que no final você sempre achará forças para seguir em frente.



Quando estou pensando em você, o sorriso se nega a sair do meu rosto. 

Quando estou pensando em você, o sorriso se nega a sair do meu rosto.